A Bahia em Preto & Branco - Uma narrativa urbana na cidade de Salvador


Bahia! Ah!!! Suas cores, ladeiras, cantos e encantos de axé e um povo feliz e colorido. Onde tudo irradia magia e cores são tão somente a diversidade que se apresenta como presente ao visitante.


Nessa cidade que todos são d'oxum (como diz a música de Gal Costa), trocar as cores pelo preto e branco é destacar a diversidade e criar um contraste entre a magia e o ambiente urbano da Bahia.


O brilho da Bahia não se limita as cores que encontramos na natureza nas pessoas, mas emana de cada cada cena, de cada emoção e alegria expressa pelo baiano.


A fé do baiano expressa em seu sincretismo e pluralidade é um exemplo para todos que buscam um pouco de paz e ao mesmo tempo é regado de energia que purifica a alma de quem visita a Bahia.


Ainda que na adversidade, o baiano mesmo assim sorri em sua fé de alegria e certeza de que o Senhor do Bonfim irá agraciá-lo com suas bençãos.


Em suas águas, na Baía de Todos os Santos, onde os seus "capitães de areia" desafiam a pobreza através de um mergulho, na esperança de um dia tudo mudar e o sol brilhar em suas vidas da mesma forma que brilha no lindo céu da Bahia.


Eu naveguei nas ondas do mar para entender Salvador, mas voltei somente com a sensação de que só sendo baiano para saber o que essa cidade é!


No tabuleiro mágico da baiana vemos os quitutes que só em Salvador podemos provar com o real sabor de suas origens.


Mesmo com a cruz caída, o baiano se mantém forte no seu dia-a-dia e na alegria do sobe e desce do Elevador Lacerda, conduzindo seus moradores entre os altos e baixos da cidade.



Com o comando naval guardando as portas e entradas da Bahia, e o seu Mercado Modelo exibindo toda criatividade do baiano em um artesanato único, Salvador é uma das cidades mais impressionantes para a fotografia.




Ajayô!