Sensualidade na medida


A luz tem "o papel" na fotografia, mas na fotografia de moda, quando se deseja uma pegada mais sensual, a luz é o elemento que pode fornecer exatamente o que você ou o cliente deseja, ou simplesmente "matar" o seu trabalho pois não lhe permitirá criar a emoção desejada no seu observador.

Quando chegamos à nossa locação do projeto #oTomDoTeles para fotografar a nossa top Isabela Gamellone (não a conhecíamos pessoalmente ainda), vimos uma menina que tinha pouco tempo feito 18 anos.

Ainda não tínhamos fotografado em nosso projeto uma modelo tão nova assim. E ficamos com a seguinte pergunta:

Como criar sensualidade, em uma modelo tão nova, sem forçar esteriótipos ou criarmos uma personalidade ao invés de capturarmos a personalidade da modelo (esse é objetivo do projeto)?

Fizemos como sempre, começamos o aquecimento fotográfico em frente à uma das portas dos vários casarões do Arco do Teles, e fizemos os primeiros clicks para conhecer a consciência corporal que a modelo possuía.



Após alguns clicks, e a modelo ficar mais relaxada, começamos a estudar a luz que poderia dar "o tom" desejado e em harmonia com o projeto.


Para a nossa top Isabela Gamellone, usamos a luz natural como luz de recorte e usamos o flash externo como luz de preenchimento. Configuramos o balanço de branco para  day light e mantivemos o ISO em 100, abertura 2.8 e velocidade 160.


Como sempre usamos duas lentes com foco fixo durante o ensaio, uma 35mm 1.8 e uma 50m 1.8. Essas lentes criam dois momentos fotográficos onde o primeiro a modelo faz parte do contexto e com a lente 50mm, a modelo é o contexto.


Com essa luz e setup da câmera, a direção de modelo definiu a pegada do ensaio, criando exatamente "o tom" de sensualidade, sem exageros e de forma natural, onde foi possível capturar a personalidade da nossa modelo.



Espero que curtam o ensaio continuem nos acompanhando em nosso Instagram.






Até a próxima!